Ainda sobre o Natal…

Passado o Natal e a loucura das prendas (principalmente do lado do Mateus), há uma questão que eu, enquanto pai, gostaria de colocar em cima da mesa, para debate geral…

Qual o castigo que deveria ser aplicado a uma pessoa que oferece a uma criança um brinquedo barulhento, irritante e capaz de levar qualquer pai à loucura?

Em primeiro lugar, vamos lá admitir uma coisa, enquanto sociedade. Quando alguém dá ao teu filho uma mini-bateria, não é uma prenda… é uma maldição. Já dou por mim muito nervoso, quando o Mateus está a abrir prendas, não vá sair de lá um xilofone com luzes e buzinas. E quando isso acontece, pergunto-me…

Mas que mal é que eu fiz a esta pessoa? Será que isto é vingança por alguma coisa que eu fiz há 10 anos atrás e que já nem me lembro? Será que me odeiam? Será karma? Mas o que é que eu fiz para merecer isto???

O mesmo se aplica a alguns brinquedos aparentemente fofinhos mas que muito rápido, em meros minutos de convivência, se tornam extremamente assustadores (sim, estou a olhar para ti urso de peluche demoníaco que mexe os braços e diz “peekaboo” numa voz e ritmo muito mas muito arrepiante. Deves ser da família do Chucky, tu!).

A pergunta coloca-se de novo… Mas o que é que eu fiz para merecer isto??

Ajuda-me a entender, por favor…

chucky

1 Comment

  1. Luisa Silva says: Responder

    Lollllllllllllllllllllllllllllllllllllllll meu querido Diogo, em primeiro lugar quero te agradecer, pois com o teu texto “dúvida” fizeste me soltar umas gargalhadas valentes, obrigada por isso pois nem imaginas o quanto eu estava a precisar e o qt me fez bem.
    Qt á tua duvida eu também a tenho pois também tenho pessoas que dão coisas dessas ao meu filho, sabes eu acho que é porque não são eles que tem que ouvir constantemente os batidos e barulhos e como não tem filhos não sabem o que é querer dormir e não conseguir pois ele só quer tocar naquela p… (desculpa) brinquedo. Sabes que agora não (felizmente) mas quando ele era mais pequeno (não quero parecer uma má mãe pois isso eu não sou) mas nos aniversários e natais principalmente quando lhe traziam algum presente a coisa que eu mais pedia era que ele não gostasse e o colocasse de lado pois eu já sabia que a pessoa em questão lhe ia dar um brinquedo desses, mas infelizmente as crianças por mais pequenas que sejam já sabem o que querem e gostam e tal como o Marco o doce Mateus não é diferente, por isso não te preocupes porque isso passa tens de aguentar uns mezinhos mas vais ver que daqui a uns meses ele ja não liga a isso, vai por mim. Ah! E para acabar aconselho te a colocar uns bocadinhos de algodão (ou como eu) phones nos ouvidos e mp3 no bolso com uma boa musica…. principalmente quando te sentires mais cansado,…. vai por mim, faz milagres.
    Beijinhos.
    Ps: E Diogo respiraaaaaaa!!!!!

Deixe uma resposta