A lei da compensação

DIOGO45

Podes não acreditar, mas não sou uma pessoa fundamentalista no que toca à alimentação e toda esta história do estilo de vida saudável. Sim, durante o desafio que a Men’s Health me colocou tive uma dieta e um plano de exercício muito regrado, falei sobre isso em vários artigos, mas estamos a falar de uma situação específica com objectivos muito definidos.

Terminado esse período de tempo, é óbvio que pretendo manter a boa forma física e utilizar todos os ensinamentos que tive. Continuo a ter muita atenção àquilo que como e a praticar exercício regularmente, mas também há espaço para…. digamos… alguns deslizes. Mas deslizes muito conscientes e equilibrados, sem excessos, ok?

Acredito na lei da compensação. O teu melhor amigo faz anos, tens um jantar de amigos, uma saída mais animada, é claro que podes exceder-te um pouco mais no jantar, é claro que podes beber um copo! Podes, desde que compenses nos dias seguintes… eu, por exemplo, obrigo-me a compensar com um treino mais exigente no dia seguinte, ou com uma alimentação mais cuidada que o costume.

É como tudo na vida. Há que haver equilíbrio. E um brinde a isso!

1 Comment

  1. Olá!
    Concordo plenamente. Sair fora do caminho só é mau se te perderes completamente.

    Beijinhos
    Eva

Deixe uma resposta