Mateus e os Amigos

testefinal

Há uma actividade da qual sou fã número um e que me faz um Pai (ainda mais) feliz, penso que a qualquer Pai: juntar os nossos filhos aos filhos dos nossos amigos para brincarem. Grupos de pais que se organizam para que os putos brinquem juntos, porque lhes faz bem, porque aprendem, porque gostam e todos se divertem. Nós próprios gostamos e entre nós, com eles, também nos divertimos.

Com os fins de tarde quentes que têm estado, ideias para “ar livre”, com os filhos que se deitam cedo, não há nada melhor que um churrasco, seja em nossa casa ou em casa dos nossos amigos. Podemos deixar as nossas pequenas feras à solta, enquanto descobrem novos brinquedos (residentes em casa “alheia”) e novas brincadeiras. Há sempre alguém de olho, enquanto estamos com o nosso copo de vinho branco. Eles correm de um lado para o outro, entre o jardim e a sala, e nós entre a mesa e o churrasco. Os miúdos tomam banho juntos e eventualmente aterram no sofá exaustos, o que nos dá mais umas horas de conversa.

Estes são dos melhores programas de verão – usufruímos de tempo com os amigos e com a família ao mesmo tempo. Muitas vezes até fazemos novos amigos. Acabamos por nos juntar com amigos de amigos que também têm filhos, e daí surgem novas amizades. E mais bonito ainda é ver surgir as amizades dos nossos filhos. O Mateus com uma admiração enorme pelo amigo de 4 anos e “armado em crescido” com a Bebé de 10 meses. Como diria Enrique Ernesto Febbraro, o médico que criou o Dia dos Amigos na Argentina, “se o homem se unir com seus semelhantes, não há objetivos impossíveis”. Por isso para quem acha que depois de termos filhos não há tempo para os amigos está muito enganado. Se o nosso objectivo é aproveitar o verão da melhor maneira, com o melhor de dois mundos, nada como nos unirmos aos nossos semelhantes.

P.S.: E quando precisamos de algum descanso podemos sempre falar com essas famílias amigas (porque os amigos são mesmo a família que nós escolhemos) e depositar os miúdos durante umas horas. Eventualmente também nós abrimos as portas da nossa casa para umas horas com os filhos dos amigos – uma experiência quase terrorífica…mas onde eles, os mais novos, se divertem!
Espero que tenhas um feliz dia internacional da amizade!

  Mateus 2 Mateus 5 Mateus 4

Deixe uma resposta