Música e Arte Iminente

A primeira edição do festival Iminente arranca hoje e promete trazer música urbana (do post-rock ao hip hop, electrónica, house, pop, fado e soul) e arte também ela urbana à cidade. Com a curadoria a cargo de Vhils e da Underdogs, a expectativa é elevada.

whatsapp-image-2016-09-22-at-10-10-21

Linda Martina, Chullage, Orelha Negra, Dead Combo, Ana Moura, Sam the Kid + DJ Big, Kalaf e muitos mais… Bordalo II, Mário Belém, Wasted Rita, Whils e muito mais… Isto promete.

O bilhete diário é apenas 2€, e desses 2€ metade reverte para iniciativas sociais. O Breaking Dad aprova. Com um cartaz composto por pesos pesados de ambas as áreas, a ideia-chave é uma:

Este fim-de-semana, é IMINENTE a arte e a música.

Deixe uma resposta